domingo, 11 de janeiro de 2009

O amor que enlouqueceu

- Quem é você?
- Um amor que enlouqueceu…
O amor estava parado na minha frente. Tinha forma de mulher. Olhos sem brilho, que saltavam de enormes olheiras. Estava pálido, esquálido, com os ossos à mostra. Não tinha fome, nem sede, nem sono. Não falava coisa com coisa, recitava cacos de poemas, histórias desencontradas, recontava as ações, esquecia os fatos. Enlouqueceu de tanta ilusão.
- Vai com Deus.
- Pra onde?
- Sei não...


Textos e imagens desse blog só podem ser publicados e/ou utilizados em outros locais com autorização da autora.

2 comentários:

Pedro disse...

Eu também não sei pra onde vou, mas gosto de você.

KK disse...

rs....
esse amor que se foi?