sexta-feira, 25 de julho de 2008

E agora, quem escolhe o seu par perfeito? A ciência ou o coração?


Imagine que você liga a televisão e está passando uma propaganda estilo aquelas que vendem aparelhos de abdominal, ou remédios para emagrecer. Mas essa propaganda oferece algo muito melhor: o parceiro perfeito com quem você viverá eternamente feliz!
Entra uma mulher sorrindo e diz: “Eu estava fadada à solteirice perpétua, mas um dia, fiquei sabendo do ‘Gene Partner’, anunciei meu material genético e encontrei o homem da minha vida! Nos casamos mês passado e sinto que viveremos felizes para sempre!”
Incrédulo, você liga o rádio e ouve uma voz masculina falando: “Eu tinha crises de solteirice aguda, mas fiz o teste de DNA da ‘Gene Partner’ e encontrei a mulher dos meus sonhos. Agora, não estou mais sozinho. Funciona!”
É, é isso que anda prometendo um site suíço chamado Gene Partner. O negócio é simples: o internauta recebe o material de coleta em casa, colhe amostras de saliva e as envia para um laboratório, onde é analisado. Os cientistas fazem exames de DNA e traçam o perfil da pessoa. E pronto! O internauta recebe um número de identificação que permite que ele compare o DNA dele com os de outros usuários do serviço.
Nessa hora aparece um cara gritando (naquele comercial de TV do início do texto) como se essa fosse a maior maravilha do mundo: “Veja as facilidades do ‘Gene Partner’: com ele você não precisa sair de casa para encontrar o amor da sua vida! Nada de perda de tempo, nada de agüentar pretendentes que não se parecem com você! Nada de desilusões amorosas! Nós temos a solução: faça um teste de DNA conosco e ache o parceiro perfeito!”
Achei simplesmente ridículo quando li, no site G1, a notícia sobre o ‘Gene Partner’. Sim, é verdade. Tirando os meus exageros criativos, é verdade que um site quer juntar as pessoas pelo DNA! Em que mundo estamos? Será que as pessoas perderam completamente a capacidade de se relacionarem e precisam fazer um teste em laboratório para achar o par perfeito? Será que as pessoas acham que assim elas se livrarão das brigas e chateações comuns da vida a dois? Será que o amor, que é uma das únicas coisas que ainda passam pelo sentimental nesse mundo moderno, agora também vai se bandear para o científico?
Imagine se eu vou trocar a boa e velha paquera por uma amostra de baba colhida e enviada pelos Correios! Imagine se eu vou deixar o meu destino nas mãos de uns cientistas que nem me conhecem! Nada disso me garante uma vida feliz. Ninguém vai me fazer acreditar que tenho que ficar com uma pessoa porque há compatibilidade do meu primeiro ao último cromossomo com os dela. Nessas horas... Ah, nessas horas! Só o coração decide.

Quem quiser ler a matéria este é o link: http://g1.globo.com/Noticias/Tecnologia/0,,MUL688383-6174,00-REDE+SOCIAL+USA+DNA+PARA+ENCONTRAR+AMOR+PERFEITO+PELA+INTERNET.html

3 comentários:

Anônimo disse...

hahaha a que ponto chegamos heim!! então se for assim, será que não dá para aproveitar e mandar junto com o meu material( saliva, fio de cabelo ou o que for ) uma observação: " favor encontrar um homem que seja inteligente, bonito, não tenha nenhum problema de saúde e tenha o melhor temperamento de todos, daqueles que esteja sempre de bom humor e nuuuunca seja chato!! Se for assim, posso recorrer ao Gene partner, caso contrário neeeem pensar!! rsrsrs

Dulce Chaer disse...

SÓ O CORAÇÃO PODE ESCOLHER O PAR. PERFEITO OU NÃO, CERTO OU ERRADO. SÓ O CORAÇÃO TEM A LIBERDADE PARA ERRAR OU ACERTAR. EM MEIO A DECEPÇÕES CONFIO NELE SEMPRE.

KK disse...

modernidades Mayara... coisas rápidas pra quem tem que correr 24 horas! pensa que prático. hehehehe
esses dias não tinha celular e hoje ninguém vive sem.... modernidades!!